top of page

Nova York, uma cidade cosmopolita!

Talvez a cidade mais importante das Américas, Nova York é a cidade que parece que nunca teremos tempo para conhecê-la totalmente, para nos ajudar neste quesito, ela nunca dorme. 24h por dia, 7 dias por semana, mais de 20 mil restaurantes, cerca de uma centena de museus, mais de 6 mil arranha-céus, Nova York é a cidade certa para quem gosta de "descobrir uma cidade".

Brooklyn Bridge



O que posso fazer na cidade:

Nova York possui uma imensidão de coisas para fazer. Quem visita pela primeira vez fica até meio perdido com tantas opções turística. O ideal é categorizar as opções com o gosto pessoal, desde o mais barato ao mais caro, desde do menos sofisticado ao luxo, ..., enfim, segue uma pequena lista do que fazer em Nova York:

  • Central Park O percurso em linha reta no Central Park pela Quinta Avenida dura cerca de uma hora, é possível que sua caminhada em todo o Central Park dure um dia. Para facilitar a visitação iremos dividir o Central Park em 2 partes: Parte Infantil: é a região sul do Central Park (W 59th st). Nesta parte encontramos os seguintes pontos turísticos: - O famoso zoológico (Central Park Zoo); - Pista de patinação pública (Wollman Rink); - Parque infantil (Heckscher Playground); - O famoso carrosel (Central Park Carousel); - O campo aberto ideal para um pique-nique (Sheep Meadow); e - O famoso restaurante Tavern On the Green. Esta é a parte sul do parque, evidentemente, é o melhor lugar para estar com crianças no Central Park.


Parte dos Museus e Lagos: esta área se concentra na região central e norte. Nesta encontramos os seguintes pontos turísticos: - Área dedicada à memória de John Lennon (Strawberry Fields); a famosa fonte Bethesda Terrace and Fountain; - O Museu Americano de História Natural (o que virou filme) possui um acervo enorme, mas o destaque é o setor de fósseis (American Museum of Natural History - US$ 25,00 - pode sugerir um valor para doação (mesmo sendo abaixo do ticket - "Suggested Contribution")); - O Metropolitan Museum of Art, mais conhecido como The Met (certamente um dos mais visitados; possui acervo sobre os gregos, romanos, egípcios e assírio-babilônico); - O reservatório desativado Jacqueline Kennedy Onassis; - O Neue Galerie New York (museu dedicado à arte e design alemão e austríaco do início do século XX); - O Museu Solomon R. Guggenheim ( arte moderna e contemporânea - foi filmado no local o filme Homens de Preto); e - O Museu da Cidade de Nova York (museu dedicado à história e a arte de Manhattan - US$ 14,00 - pode sugerir um valor para doação (mesmo sendo abaixo do ticket - "Suggested Contribution")).


  • Top of the Rock (Rockefeller Center) e Empire State Building Estes dois locais possuem as melhores vistas da cidade, talvez o Top of the Rock tenha uma melhor vista pois através dele pode-se observar o Imponente Empire State (uma das 7 maravilhas da Engenharia). O pôr do sol certamente será o melhor horário, mas verifique se no dia não tem muita fila. O Rockefeller Center possui a pista de patinação e árvore de natal mais famosa de inverno. O local é palco de vários filmes (Sintonia de Amor, Os Agentes do Destino e Esqueceram de Mim 2 - Perdido em Nova York).


  • High Line e The Vessel Ícone da arquitetura paisagística contemporânea, o High Line é uma antiga linha de trem de 2,35 km de comprimento. No final da linha, no Hudson Yards, está a nova atração de Nova York, The Vessel.

  • Estátua da Liberdade e Ilha Ellis A Estátua da Liberdade, possivelmente, é aquele passeio que se faz uma vez na vida e não retorna, pois Nova York tem muito mais para conhecer. O passeio é na maioria das vezes cheio e demorados, geralmente está incluso uma parada na Ilha Ellis (Museu Nacional da Imigração da Ilha Ellis). As barcas saem do Battery Park. A Barca Staten Island passa perto da estátua e é grátis; possui intervalos de 30 minutos.


  • Ponte do Brooklyn (Brooklyn Bridge) e Parque da Ponte do Brooklyn (Brooklyn Bridge Park) É a ponte em que todas as nacionalidades estão passando. A caminhada é super prazerosa e no final você pode conhecer um pouco da cultura do Brooklyn. A ponte possui 1825 metros de comprimento e foi construída em 1869. A travessia é grátis. O ideal é ir aos dias ensolarados e sem nuvens, pois é possível avistar praticamente todos os aranha céus importantes da cidade. Na costa do Brooklyn, perto da ponte tem um parque que vale a pena passar um tempo. O próprio distrito é um entretenimento; possui bares estilosos que parece que estacionaram no tempo, parecia um filme de verdade; até porque, nestes locais não tem turistas (praticamente). As pessoas locais foram incrivelmente cordiais e gentis. Essas qualidades, fazem o Brooklyn ser um local melhor para se hospedar que Manhattan.



  • Broadway e Times Square Se tratam, na verdade, do mesmo lugar em si, mas quando falamos da Broadway a região vai além do famoso cruzamento do mundo. Se prepare para ver muitas pessoas porque o local recebe mais de 50 milhões de turistas anualmente (o Brasil recebe em média 7 milhões por ano). O local não possui iluminação pública, a iluminação é dada pelos letreiros do local. A Broadway possui famosos espetáculos, tais como: o fantasma da ópera, o rei leão e entre outros, mas outros belíssimo espetáculos e musicais são apresentados, a maioria deles da musicalidade local. Não podemos deixar de mencionar que alguns teatros menores (100-499 assentos) possuem um preço mais em conta. Os espetáculos são em sua maioria experimentais, entretanto muito bons; são chamados Off-Broadway. Ainda existem os teatros menores ainda chamados Off-Off-Broadway. Para verificar todos os espetáculos da Broadway sugerimos conferir o site: https://www.broadway.com/.


  • Biblioteca e Museu Morgan Foi fundada para abrigar a biblioteca particular de J. P. Morgan em 1906, que incluía manuscritos e livros impressos, alguns deles extremamente raros. Vale apena apreciar a arquitetura do local (a esquina da biblioteca ficou famosa por ser a cena aonde o tio do homem aranha (Uncle Ben) é assassinado, além de ser o local do filme Um Dia Depois de Amanhã e do filme Os Caça-Fantasmas).


  • Quinta Avenida (Fifth Avenue) e The Museum of Modern Art (MoMA) É uma das avenidas mais caras do mundo, ela é ideal para fazer compras. embora tenha muitas grifes caras, a avenida possui várias lojas com mercadorias que cabem no bolso. O MoMA é dos mais importantes museus de arte moderna (US$ 25,00 - entrada gratuita às sextas 16h-20h), o acervo possui exposições de Vicent van Gogh,Pablo Picasso, Salvador Dalí e outros ilustres.


  • 9/11 Memorial Como no local muitas vítimas infelizmente foram mortas, é espontâneo sentir uma atmosfera pesada e triste. O monumento das águas em si é fantástico, não traz alegria, mas nos dá reflexão. Este local é parada obrigatória para quem vai em Nova York pela primeira vez. Terça-feira a partir das 16h é possível ter ingresso grátis para o museu. A visita é tristeza profunda, mas saímos de lá mais "humanos".


  • Grand Central Terminal O Grand Central Terminal foi construído para a Ferrovia Central de Nova York. Inaugurado em 1913, o terminal foi construído no local de duas estações predecessoras, a primeira construída em 1871. O local é palco dos filmes Vingadores, Amizade Colorida e Madagascar.



Curiosidades:

  • Mais de 800 idiomas são falados em Nova York;

  • Existem mais de 380.000 milionários na cidade;

  • A França presenteou a Estátua da Liberdade aos Estados Unidos em 1886 para a celebração do centenário;

  • A sede das Nações Unidas foi estabelecida na cidade de Nova York em 1952 após a Segunda Guerra Mundial;

  • A cidade de Nova York tem a maior população judaica fora de Israel, a maior população chinesa fora da Ásia e a maior população porto-riquenha de qualquer cidade do mundo;

  • "The Big Apple" é um dos apelidos mais famosos da cidade de Nova York. Mas na verdade, não é um lugar provável. O nome deriva da coluna de corridas de cavalos de um jornal local na década de 1920, que usou a frase para descrever um preço do dinheiro nas corridas de cavalos;

  • Existe uma plataforma de trem secreta no hotel Waldorf Astoria; e

  • Existem cerca de 40 teatros na Broadway, com capacidade para 42.000 lugares na cidade. Em 1927, o custo de um ingresso para assistir a um show da Broadway era de US $ 4,50. Hoje, o bilhete mais caro nos teatros pode chegar a US $ 600.


Pontos Contra:

  Nova York possui milhares de turista, então o ideal é tentar ir para os locais mais frequentados pelos novaiorquinos.

Custo: $$$$ (dólar americano).

Idioma: inglês.

Fuso horário: + 1 (A diferença de horário entre Brasília e Toronto é de -1:00 hora).

População: Cidade - 8,9 milhões | Região metropolitana – 18,74 milhões.


Aeroporto:

Aeroporto Internacional John F. KennedyJFK

Distância para o Central Park: 26 km (24m de carro – 1h 13 m Transporte Público)

Transporte Público: metrô (terminal 4 - Howard Beach (baldeação) - 86 st ).

Preço Transporte do Aeroporto $$: R$ 46,00.

Para Finalizar a Viagem:

Nova York tem muitos outros locais para ir. Ainda existem as "casas de jazz", "nightclubs", pubs, bares, restaurantes, rooftops, eventos esportivos, Coney Island, apresentação de coral gospel no Harlem, os mercados naturais, pegar uma barca à noite, outros museus não mensionados, enfim, precisamos morar na cidade para desfrutar tudo! Nova York é a cidade que deixa com um "gostinho de quero mais". Sua infinidade de atrações turísticas atende à todos os gostos e personalidades, mas um problemas constante entre os turistas é que muitos acabam indo para lugares clichês que realmente não gostam e ficam desapontados. Pesquisem antes de ir e seja assertivo, opções não faltam. Enfim, A Big Apple não pode estar fora da sua lista de viagens!


Viagem realizado em DEZ2017

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page