top of page

Montreal, uma cidade à moda francesa!

Segunda maior cidade do Canadá e localizada na Província de Quebec, Montreal é a cidade à moda francesa. Seus habitantes falam francês, mas a língua inglesa é amplamente falada. A cidade é exuberante e charmosa. Famosa por sediar vários festivais, é inegável a valorização cultural e artística. Montreal é aquela cidade que faz querer voltar no Canadá.


O que posso fazer na cidade:


  • Mont Royal (Monte Real), Oratório São José (L'Oratoire Saint-Joseph du Mont-Royal) e Lago do Castor (Lac Aux Castors) Monte que deu nome à cidade, Mont Royal, é um dos melhores lugares a ser visitado. O percurso ideal é começar pelo Oratório São José, que é uma linda basílica católica romana, o edifício é colossal. Seguindo, a próxima destino será o Lago do Castor, frequentado tanto no verão para um bom banho de sol, como no inverno para patinação. Após uma caminhada, chegará ao melhor observatório de Montreal, o Belvédère Kondiaronk, é possível observar praticamente toda Montreal do alto, a vista é sensacional.


  • Old Montreal (Vieux-Montréal) e Basílica de Notre-Dame (Nossa Senhora) Localizado no Bairro Ville-Marie (antigo nome da cidade), é o coração de Montreal, suas ruas são apertadas como um bom centro histórico, a principal rua é a Rue Saint-Paul. No complexo existem galerias de arte, cafeterias, restaurantes e claro, lojas de souvenir. Intuitivamente, a Basílica de Notre-Dame e sua impetuosidade irá aparecer no seu caminho, vale a pena admirar a arquitetura. Ela fica localizada em frente a Place d'Armes.


  • Museu de Belas Artes de Montreal (Musee des Beaux-Arts) O museu possui exposições permanentes e sazonais. Naquele momento, a exposição sazonal estavam presentes quadros de Claude Monet, Vicent van Gogh (Salgueiros ao Pôr do Sol, 1888) e Wassily Kandinsky. Aos domingos a entrada é gratuita, mas é bom chegar cedo.


  • Biodome, Parc Olumpique, La Tour Montréal e Jardin Botanique O complexo é conhecido como Olympic Park. O Biodome (CAD$ 21,00) é um zoológico coberto e pequeno, mas com os espaços muito bem aproveitados para simular 5 ecossistemas distintos (Floresta Tropical, Golfo de São Lourenço do Canadá, Floresta de Faia Laurentian, Região da Costa do Labrador e Ilha Subantárticas). Cada pavilhão tem uma temperatura diferente, desde o calor amazônico até o frio antártico, as vegetações são correspondentes a cada ecossistema. La Tour é uma torre com 45° com 165 metros, na qual possui um funicular para subir e apreciar a vista (Torre + Jardim Botânico = CAD$ 41,25). A vista do Mont Royal é diferente da La Tour, haja vista, o Parque Olímpico fica em um bairro fora do centro da cidade. O Jardim Botânico (CAD$ 21,00) é o segundo maior em área do mundo, perde apenas Londres (Kew). Suas esculturas cobertas de vegetações são espetaculares. As árvores e as plantas são diversas e provém de várias partes do planeta. Um Show com Luzes começa às 19h.


  • Rua Saint-Catharine e Rua Crescent Por possui várias lojas, a Rua Saint-Catharine é o melhor local para realizar compras. A Rua Crescent é a rua que possui os bares e baladas de Montreal, ela é extremamente movimentada à noite. No final da rua está o Museu de Belas Artes.


  • Place des Arts É o lugar onde todos os tipos de artes se encontram em Montreal. Desde o Jazz até a ópera.


Curiosidades:

  • Montreal é a casa do famoso Cirque du Soleil. A cidade é uma das cinco maiores cidades de língua francesa do mundo, Paris é a primeira;

  • A localização da cidade fica em torno do Mont Royal, razão do nome da cidade. O Mont Royal Park, localizado na colina, foi projetado por Frederick Law Olmsted, o mesmo que projetou o Central Park de Nova York. Nenhum edifício em Montreal pode ser mais alto do que a famosa cruz encontrada no Mont Royal;

  • Existe uma cidade subterrânea composta por túneis interconectados abaixo da cidade, os caminhos percorrem mais de 32 km;

  • Montreal é uma das cinco maiores cidades de língua francesa do mundo, e a maioria dos residentes são bilíngues; e

  • Celine Dion e William Shatner são da Província de Quebec.


Pontos Contra:

  No inverno as temperaturas podem fazer menos de -30° C.


Custo: $$$ (moeda - dólar canadense).

Idioma: inglês e francês.

Fuso horário: + 1 (A diferença de horário entre Brasília e Montreal é de -1:00 hora).

População: Cidade - 1,7 milhão | Região metropolitana – 4,09 milhões.

Aeroporto:

Aeroporto Internacional Pierre Elliott TrudeauYUL

Distância para o centro: 18,0 km (24m de carro – 52 m Transporte Público)

Transporte Público: ônibus 747 (YUL Aéroport Montréal Trudeau - Station de métro Lionel-Groulx) e depois o metrô linha 1 - verde (Lionel Groulx - McGill); verificar os horários e opções noturnas.

Preço Transporte do Aeroporto $$: CAD$ 13,50.

Para Finalizar a Viagem:

Montreal é uma cidade cheio de vida. Seja clima frio ou quente, não importa, a cidade não para de subsistir viver intensamente. Um fato que chama a atenção é que os seus habitantes valorizam muito a arte e a cultura, talvez tenham herdado este comportamento dos franceses.

Por sediar grandes universidades, a região fica ativa e animada. As opções de restaurantes mais em conta ficam aos arredores das universidades e todos se encontram à noite na Rua Crescent.

Visitar Montreal é visitar a "Cidade-Paris" que os franceses deixaram nas Américas. Uma cidade realmente cativante!




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page